Raça Humana

by quinta-feira, outubro 22, 2009 0 comentário(s)
Bom, hoje falarei sobre nós, humanos, sob uma visão fictícia de uma terceira pessoa que não faz parte da raça humana, um olhar de um modo diferente, bastante interessante, leiam a seguir.

A raça humana, teoricamente segundo eles dizem, a raça mais avançada de todo Universo, ou de apenas alguns anos-luz a sua volta. Ela é responsável pela destruição, e também conservação do próprio planeta aonde vive, chamado ridiculamente de "Terra", um nome simples, e ínfimo

Os seres humanos, segundo eles, desenvolvidos tecnologicamente, foram capazes de lançar aparelhos portáteis e uma rede mundial de computadores conectada, criaram milhões de software e "avançaram" em sua ínfima existência, resolvendo vários problemas, mas também criando outros piores, que futuramente, levarão a raça deles ao total sucumbimento agregada a sua auto-destruição. Tão "avançados" e não resolvem simples problemas de diplomacia, com soluções tão simples, que até um simples garoto de 2 anos poderia resolver, além de estarem destruindo seu próprio planeta, estão construindo armas, para poderem se matar por simples ambição e falsa idealização de poder.

Desprezo terrivelmente alguns desses seres, que acham que destruir a própria espécie é a solução dos problemas, mas pelo que sei, a natureza original deles, não é a própria destruição, apesar de eles investirem fortemente nisso. A ambição determinou o futuro deles, e não é um bom futuro.

Apesar de muitos deles serem assim, há também em seu planeta, alguns seres interessantes, que são incrivelmente inteligentes, mas a maioria deles não faz nada para melhorar, ou simplesmente cruzam os braços e esperam os outros fazerem algo.

Não vejo futuro para a raça humana em seu curso actual de vida. Os seres humanos, tem um sentimento estranho, chamado "esperança", um desejo, de que tudo sempre acaba bem, de um jeito, ou de um modo que eles anseiam, eu admiro isso neles, mas infelizmente, não acredito que a "esperança" sem ação resolva alguma coisa.

Somente espero que quando eles notarem o quão foram ignorantes, não seja tarde demais.

0 comentário(s):

Postar um comentário