Área 51

by segunda-feira, abril 12, 2010 4 comentário(s)
Bom, primeiramente, gostaria de inaugurar o novo tema daqui de Croatt. Teoria da Conspiração.
Vamos ao texto.







Geografia:
A Área 51 é uma área de aproximadamente 1550 km² no Condado de Lincoln, Nevada. Faz parte da (12 139 km²) Nellis Air Force Range (NAFR).
Imagens do Google Earth puderam mostrar mais sobre as pistas de pouso do complexo. A pista de pouso do local é a 14L/32R, construída na década de 1990, medindo 3651 x 61 m.

A Área 51 faz divisa com o Nevada Test Site (NTS), local de testes nucleares. A Montanha Yucca, depósito nuclear, fica aproximadamente a 64 quilômetros a sudoeste do Groom Lake.


Operações:
Dreamland é muito sigilosa à questão de suas atividades, deixando à imaginação o que o governo submete à área, o fato é que seria somente mais uma base aérea.

Satélites soviéticos obtiveram fotos do local em plena Guerra Fria, mas só chegaram a conclusões básicas. Eles descreveram uma instalação comum com pistas de pousos, hangares etc, mas nada que provasse a suposta base subterrânea. Mais tarde, novas fotos saíram de satélites comerciais, mas sem nada de excepcional.


Teorias:
A Área 51, um dos grandes mistérios americanos, o que será que existe lá, para tanto mistério. Muitos dizem ter visto UFOs aos arredores daqueles locais. Além de muito sigilo e segredo, há várias teorias sobre eles terem extra-terrestres e tecnologia extra-terrestre para adaptar à humana.

Contudo, um de seus próprios funcionários declarou que na base, além de projetos militares avançados que usam tecnologia alienígena ativamente, discos voadores genuinamente extraterrestres também seriam objetos de estudo.

As naves, resgatadas intactas ou em acidentes, eram consertadas ou reconstruídas em Dreamland e depois submetidas à prova por pilotos de testes. Foi o próprio físico Robert Bob Lazar quem fez tal afirmação, sendo seguido por vários outros ex-funcionários das instalações de Groom Lake. “Quase todos os dias eu pegava o avião em McCarran e ia à ‘Fazenda’, onde trabalhava em tecnologia revolucionária”, declarou Lazar, que trabalhou cinco meses na base, a partir de dezembro de 1988. O piloto de testes e herói de guerra John Lear, filho do então proprietário da fábrica de aviões a jato Learjet, foi um dos que colocou os UFOs à prova.

Lazar recentemente estendeu suas declarações e informou que o governo norte-americano estava pesquisando nada menos que nove discos voadores na Área 51, e tentava adaptar sua tecnologia em projetos terrestres, com o uso da chamada engenharia reversa. Por suas declarações, ele e sua mulher receberam várias ameaças de morte. Assim, evitando correr riscos, em novembro de 1989 decidiu aparecer em público e confirmou suas alegações.
Disse que há um lugar secreto no interior da Área 51, conhecido como S-4, próximo ao lago seco Papoose, onde as naves alienígenas eram guardadas. Explicou que seu trabalho se dava justamente naquelas instalações, junto a uma equipe de 22 engenheiros contratados para estudar os sistemas de propulsão dos discos voadores. Agora, as novas imagens da TerraServer confirmam as declarações de Lazar, mostrando detalhes de tais instalações.

Ainda segundo Lazar, o S-4 era um enorme complexo subterrâneo que ocupava toda a área de uma cordilheira de montanhas. No início, o físico pensou que estivesse trabalhando com uma tecnologia altamente sofisticada criada pelo homem. Mas quando entrou em um dos discos voadores lá alojados, convenceu-se de que se tratava de algo de outro mundo, porque tanto sua forma quanto suas dimensões confirmam sua origem não humana. “As naves que examinei não possuíam juntas aparentes, nenhuma solda, parafusos ou rebites”, disse Lazar. “As bordas de todos os elementos da espaçonave eram arredondadas e suaves, como se tivessem sido feitas com cera quente submetida a um rápido processo de resfriamento”.

De acordo com seu relato, havia arcos e delicadas cadeiras de somente 30 cm de altura no interior dos veículos espaciais. Sua unidade de propulsão era o que mais lhe intrigava: tinha o tamanho de uma bola de beisebol e irradiava um campo antigravitacional através de uma coluna oca, situada verticalmente no centro da nave. Lazar teve sua curiosidade científica aguçada e passou a procurar informações sobre tudo o que acontecia em S-4. Foi quando teve acesso a um memorando que confirmou suas suspeitas. Nele havia uma quantidade impressionante de informações sobre os UFOs, “inclusive fotografias de autópsias de pequenos seres cinzas com grandes cabeças calvas”, declarou à Revista UFO. “O governo estava escondendo da população fatos da maior gravidade, e tudo aquilo estava sendo feito em Groom Lake, mais precisamente em S-4”, desabafou.


Boatos:
Há boatos de que há novas experiências secretas com relação a novos armamentos tóxicos que causam doenças mortais.Isso acontece na suposta area 64 que fica escondida em algum lugar do acre,os boatos dizem que essa base é da união européia e que seria baseada na area 51 pelo sigilo de suas atividades,que como dizem os boatos estão criando um novo virus que causa uma doença mortal e que provavelmente será utilizado contra americanos e japoneses,o que pode ser um perigo para a população mundial.


Conclusão:
Há vários jeitos de interpretar o fato. Se existem extra-terrestres, porque os malucos vão logo pro lugar aonde vão ferrar com eles? E está muito estranho isso, parece mais publicidade pro EUA e chamar atenção para a "grande potência".
É como a Nasa, aos poucos, acaba virando apenas publicidade e deixa de servir uma função "honrosa".
E fala sério: "Dreamland"? Está mais pra "Misteryland" ou "E.T.land".
Sempre haverá uma pulga atrás da orelha.
Enquanto isso, CORRAM PARA AS COLINAS!



Fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/Área_51

4 comentários:

  1. Eu guardo um E.T no meu porão.
    Hoje não tem mais graça brincar com ele, os brinquedos inovaram muito e a única coisa que ele faz é falar ÉÉÉÉ . TÉÉÉ, com aquela cabeça quadrada e dedos finos.

    ResponderExcluir
  2. Que bizarro... Você já leu "Eram os deuses astronautas?" ?! Nunca li, mas sei que fala bastante sobre alienígenas e teorias da conspiração!

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li esse livro, mas parece ser interessante. Vou procurá-lo e ler.

    Eram os deuses astronautas.

    Se pensar bem, os Astronautas são a profissão que mais chega perto de "deus". Tirando a física.

    ResponderExcluir
  4. maneiro esse papo de area 51

    ResponderExcluir