Watchmen

by quarta-feira, abril 21, 2010 0 comentário(s)


A história se passa em um ambiente difícil, e tudo acontece ao passar de alguns anos.
O filme começa em uma época em que os ladrões começaram a usar máscaras para disfarçar seus crimes e então os policiais acharam que seria divertido usar máscara também.
Os anos foram se passando, e os heróis mascarados viraram passatempo nacional. Através de um acidente físico, um homem conseguiu virar uma espécie de um “deus” na Terra. Ele era e sempre foi o único que tinha realmente poderes especiais, era o homem invencível, apelidado de Dr. Manhattan, um apelido usado para tentar “intimidar” os inimigos.
À medida que o tempo passa, as coisas mudam, e muitos dos heróis mascarados são presos ou caçados. O congresso cria uma lei para acabar com mascarados. E então muitos deles se separam, e a terceira guerra mundial está cada vez mais próxima.

Há diversas idéias no filme. A primeira, não que seja uma idéia boba, mas é interessante, pois naquele mundo, não são os poderosos que usam máscaras, são simples policiais que resolveram lutar contra o crime usando máscaras.
Justiceiros simples e que procuravam apenas ter a paz no seu mundo.
As outras são todas interessantes também. O presidente fala sobre o EUA, que eles mantêm sua força para manter o controle, alguma coisa assim, então, uma mulher em uma entrevista, diz que talvez os esforços dos russos de construírem ogivas nucleares, seja causado pela ameaça do Dr. Manhattan. Afinal, era um homem indestrutível e estava ao lado dos EUA. Uma coisa a nunca fazer enquanto tiver poderes, é se posicionar do lado de alguém, pois se criam muito inimigos.
Uma coisa interessante, é que o filme se dá mesmo o “estopim”, ou seja, quando Rorschach começa a investigar o caso, quando um dos heróis mascarados é morto. E então seu sangue cai no símbolo do Watchmen, sendo algo como que “o símbolo está manchado” ou uma referência ao começo da primeira guerra mundial, quando Franz Ferdinand foi morto.
É interessante notar que as idéias do filme, dizem muito sobre isso, um possível Armageddon, agora com Dr. Manhattan se afastando cada vez mais dos seres humanos, a quem ele pertenceu à espécie um dia, ele agora está se sentindo meio neutro quanto aquilo. Mas o filme todo acontece com um desenrolar, e no final, acontece uma coisa inimaginável, é um filme realmente incrível.
O filme transmite ao público que talvez a natureza humana seja a auto-destruição. E sempre foi isso. A raça humana tenta se destruir desde os primórdios da existência e então, finalmente ela tinha o poder para terminar o trabalho.
Há uma pergunta no filme, em um momento de rebelião dos americanos, em que eles fazem destruição e rebeliões contra os heróis mascarados, com pichações e cartazes escrito “Quem Vigia os Vigilantes” ou em inglês “Who watches the Watchmen?”, em que um dos heróis (Archimedes) pergunta ao outro (O Comediante) que é mais “nervoso” e que não se importa com os seres humanos, “O Comediante” chega pra calar com violência, mas enfim, a pergunta foi: “O que aconteceu com o sonho americano?” e O Comediante responde: “Há Há Há, sonho americano? Você está vivendo ele”, o que afirma isso, que a natureza humana, sempre foi a auto-destruição.


0 comentário(s):

Postar um comentário