ToaToa #1

by domingo, julho 11, 2010 1 comentário(s)


Dia... dia... dia... Que coisa nauseante.

Sabe quando você planeja fazer coisas, mas não as faz ? Você pensa "seria legal eu dar uma volta de bicicleta", então o tempo passa, vai passando, e quando você nota, já está a noite.

Nunca gosto de domingos, eles terminam antes que eu possa dizer "tem uma cobra na minha bota".


Os pensamentos ficam mais dispersos e as idéias deixam de ser idéias, para serem apenas "serás" e "porquês" e "oquês".

Ah... Barba, sinal de idade, cresce, cresce, cresce, nunca para. Minha cabeça está em outro lugar.

Loucura,não obstante sabedoria ?

Tão pouco ninguém saberá, poderás ser final merecido ?

Minha espada desembainhada perfura e preenche o vazio de tal ser, serás servo, humilde camponês pagão ou nobre rei? Que minha espada não falhe, e que a lâmina ilumine meu caminho,e que mesmo sem escudo, possas avançar perante as veredas da minha alma.

Você já considerou todas as possibilidades em achar um monstro por olhar embaixo da sua cama ? Já ouviu sua mãe dizer que "quem procura, acha" ? E o pior de tudo, elas sempre estão certas. Ainda bem que minha cama tem outra cama embaixo.

E então, o pobre plebeu vagou pelas ruas, solitário, vagou pelas paredes da opressão e pelos corredores da morte, entrou em uma porta, e viu que era a porta do fim. Olhou para frente, e embora não fosse a hora, ele resolveu entrar.

Há muito a ser desconsiderado. Mas há muito mais a ser considerado.

Vlog ?

Um comentário:

  1. Passo por isso de planejar e nunca fazer, praticamente todos os meus finais de semana e geralmente quando faço, nunca sai como eu queria. Já estou quase me acostumando.

    ResponderExcluir