Le Bouclier - Štit

by terça-feira, dezembro 28, 2010 0 comentário(s)

Sou vítima e vilão de meu escudo - de mim mesmo - vivo à sua sombra, e mesmo o mais incrível ato, não me impressiona mais que a mais incrível formiga.

Atrás de meu escudo, assisto o mundo passar, tudo mudar e até mesmo quem e o que existiam, não são nada mais, nada menos que pó ao longo do tempo.

Meu escudo é defesa, mas também ataque.
Meu escudo é invencível, mas nocivo.

Sou robô, sou padrão, sou um cavaleiro solitário, sou um mero ator, de uma obra mal-feita, ou seria perfeita?

0 comentário(s):

Postar um comentário