Le Épée - Mač

by quinta-feira, dezembro 30, 2010 0 comentário(s)

Tudo é tão frio, se torna imóvel e encharcado  de sangue ao golpe fatal da espada.

Sou o que sou, um viajante vindo de longe, estou apenas de passagem por aqui.

Embora caiam lágrimas dos meus olhos, irei embora antes que elas toquem o chão.

Minhas idéias saem de minha cabeça, meus sentimentos saem de meu coração e acaba que em todo o Universo, o que tem mais poder é o não.

A lâmina da espada é gelada. Destrói memórias, destrói pensamentos.

Nada me deixa mais triste, do que saber que o futuro já se passou.

Nada me deixa mais feliz do que saber que meu futuro está por vir.

0 comentário(s):

Postar um comentário