José Dias Moreira - Moura

by segunda-feira, março 07, 2011 1 comentário(s)

Pensei sobre tudo, sobre os horizontes, sobre tudo que meu avô passou,
Sobre os sentimentos, sobre o quanto meu avô passou para sustentar a família,

Ele nunca sequer viu outros países, outros idiomas, outros Universos,
E ele viveu cada segundo feliz, ele precisou de nada mais, nada menos do que uma casa e uma família que o amasse, e uma relação íntima com Deus,

Ele sempre foi à igreja, e em nenhum momento desses anos, ele desobedeceu aos 10 mandamentos, ele não foi no meu aniversário porque era sexta, e sexta à sabado era sagrado para ele.

Ele foi feliz do modo de vida dele, e sempre foi e para mim sempre será um homem que viveu muito, e muito feliz. Mesmo em momentos ruins, ele sempre teve bom humor.

Não precisou mais do que teve para ser feliz, e acredito que mesmo que não tivesse nada, ele foi um homem realizado, e sempre se esforçou ao máximo para ajudar a família.

Até o último instante de vida ele estava ajudando alguém.

Espero um dia que eu seja ou supere o homem que ele foi, e que eu possa servir aos outros como ele serviu, e ser feliz, como ele foi.

Vejo os dias passarem rapidamente, e vejo que a cada momento em que ele esteve conosco, foi um momento feliz. Não sinto sentimentos ruins, nem sequer um sentimento ruim, sempre amei meu avô. E sei que ele sabia disso.

Sou honrado porque tive um avô como ele, fui neto de um homem honesto e honroso cuja a própria existência teve um significado tanto em minha vida, como sei que na vida de milhares, trilhares de outras pessoas que cruzaram o caminho com ele.

Vou ensinar aos meus filhos, e contar à eles o incrível bizavô que eles tiveram, e a existência dele será lembrada tanto nos meus atos, quanto nos meus caminhos, como sempre foi.

Que cada caminho que eu tome, eu nunca esqueça de Deus - que ele me guie - mas também não esqueça do grande exemplo de vida que meu avô me deixou.

Um comentário:

  1. Lembra no velório você falou que tinha um blog, e que escreveu textos para colocar depois. Então entrei para ver, e não me arrependi. Eric Felipe você mudo muito dês dos 7 anos de idade, e isso foi bom. Parabéns, continue assim. Sei bem o que você esta passando.
    Sarah

    ResponderExcluir