A verdade sobre a Juventude

by terça-feira, julho 26, 2011 1 comentário(s)
A partir do momento em que passei para a nova fase, a juventude, vi que a realidade é algo inexistente, algo que é mutável à vontade própria e alheia. De acordo com o que se induz à ela, ela tende a ter uma resposta correspondente ou sem correspondência direta.

Acontece que na juventude,
Existem caminhos, objetivos
E interesses descritos
(para a maioria das pessoas jovens,
Não todas (toda regra tem exceção)) à seguir:

Garoto
- Solteiro : Curtir com amigos, sítio, viagens, acampar.
- Namorando : Passar um tempo junto, beijar, abraçar, carícias.

Garota
- Solteira : Sair, beijar o máximo de caras possíveis, para tentar levantar sua baixa auto-estima.
- Namorando : Arranjar um cara que tenha carro, apto ou pelo menos com bens materiais.

Claro, não serei ignorante e superficial para deixar para trás todas as outras considerações, porém, não deixo de notar que, quanto mais uma garota parece imatura, muito mais ela é. E por mais que uma garota pareça ser o mais matura que exista, o que ela realmente quer é carinho e amor.

Concluindo...

Com 17 anos:
Uma garota matura quer carinho e dar carinho.
Uma garota imatura quer um meio de transporte confortável e dinheiro pra quando sair.

Um garoto maturo quer viajar, conhecer novas pessoas.
Um garoto imaturo quer ir à eventos que levem eles à beijar garotas com auto-estima baixa.

A verdade é que não existem verdades. A lei é que não existem leis.

Um comentário:

  1. Verdade é que não existe verdades para explicar a existência das coisas, nem o rumo em que elas tomam, assim como não ha caminhos que se não possa passar, e nem correntezas que não nós deixe navegar.

    ResponderExcluir