Mundo Perdido

by terça-feira, outubro 25, 2011 0 comentário(s)
Existem coisas que nunca voltam, existem sentimentos que o melhor é nunca mais serem sentidos.
Existem verdade que se tornam mentiras ao passar do tempo, até mesmo de minutos.
E existem promessas quebradas.

Em cada um desses, sentir não basta. Sofrer parece ser essencial.
As ações, os olhos, a boca, os ouvidos, a decisão, os instantes, tudo se tornam passado.
Nada, nada volta. Nem mesmo se nos esforçarmos muito.

Por isso, é preciso viver o presente, viver o futuro, é preciso saber que, a cada instante da vida,
O momento que mais importa é aquele que está perto de quem se ama.

Porém, quem se ama?
Se o mundo é cheio de derrotas, destruição, insegurança, quem pode se amar?
Todos, claro que todos, afinal, não é só de coisas ruins que o mundo é feito.

Nosso mundo é criado a partir dos nossos sentimentos, dos nossos olhos e das conclusões que tiramos a partir disso tudo.

Sou um grande ilusionista. E talvez, apenas isso. Porém, tenho muito a aprender, nada é o fim.

Só queria dizer adeus, até logo e obrigado pelo peixes.

0 comentário(s):

Postar um comentário