αρχή

by domingo, novembro 06, 2011 0 comentário(s)

Meu coração bate. Bate tão forte, que parece estar parado.

O silêncio corre o meu quarto. Luz apagada, o silêncio existe em várias camadas.
Silêncio dos móveis parados, e que continuam e continuarão parados eternamente, até que alguém os mova.

Silêncio no ar, que corta meu quarto, desde a janela aberta até a porta escancarada.
Silêncio do meu ser, de uma porta fechada. Uma porta fechada.

0 comentário(s):

Postar um comentário