Mutável e Imóvel

by segunda-feira, novembro 21, 2011 0 comentário(s)
Hoje, tudo parece mutável e imóvel. O instante se frizou e se repetiu através do tempo. Os meteoros irão cair ao entardecer.

Tive um sonho estranho... Seria hoje o dia em que um mundo vai acabar? Estou chegando ao instante... e esqueci. Cheguei lá... Estava preocupado, e com a mochila nas costas, desci apressado, mas não cheguei à tempo.

O tempo se encontra fora do ritmo. Agora ele está mais rápido... Tudo se derreteu... Nada mais é sólido, a vida em si, se tornou um pouco mais diferente... A força se pareceu mais diferente hoje... Ela estaria me dando um gelo? A força mantém o ser respirando, o demônio dentro de mim, está aos poucos acordando, felizmente, as correntes estão bem presas... Por enquanto.

Hoje o dia foi ilógico, talvez intocável ou abstrato.

Muitos significados, pouco sentido, os pensamentos me alienam da realidade cruel. Me vejo de lado de fora do meu corpo... O que vejo? Vejo um garoto pensativo, longe do real, ou talvez tão perto que posso sentir a respiração ofegante e massiva da realidade, que busca sangue.

Tudo se move rápido... Sou um mero viajante, viajante da vida, alimentando-se de estrelas, respirando sol e bebendo céu.
Ou o mundo está girando muito devagar... Ou o que sou e o que me tornei, se tornaram tão frágeis, que ao mero sinal de sentimento, a parede da minha fortaleza de gelo se derrete, e tudo que resta é minha essência, tão cortada, machucada, porém ainda viva. Seria hora de entregá-la novamente... [?]

Sem regras, sem explicações, eu apenas quero deixar fluir a realidade.

O sonho me trouxe aqui... Esse lugar escuro e sombrio, chamado Eric. Aqui, só escuto minha respiração, tudo escuro, tudo silencioso... É bom estar aqui.

Croatt

Conceito

0 comentário(s):

Postar um comentário