"Dos filhos deste solo"

by terça-feira, setembro 04, 2012 1 comentário(s)

Hoje o Brasil desperta. Não acorda como um povo desunido, ou um povo perdido em diversas origens, mas como um único povo, com uma única nacionalidade. Os jornais percebem que cada vez mais se torna necessário dizer a verdade sobre os "fatos". Os políticos percebem que o povo está mais atento, e está mais difícil de roubar ultimamente.

De alguns anos atrás até o presente momento, nunca se viu um povo criar tanta consciência sobre a verdade, a moral e a ética. Os moradores de rua percebem que estão na rua porque existem pessoas roubando o dinheiro deles. O movimento socialista cresce a cada ano. As pessoas percebem que a política foi feita para todo um país, e não apenas para quem é amigo do deputado “fulano de tal”. As leis pedem a transparência nos órgãos públicos, e obras superfaturadas são descobertas em governos em que a desconfiança já era grande. Porém, algo ainda está fora do lugar, a peça do quebra-cabeça não foi exatamente encaixada. Qual forma de governo as pessoas poderiam escolher, ou até criar?

Poderiam escolher o capitalismo? O capitalismo se mostrou infundado e desestruturado nos últimos anos. Acredito que igualmente Hitler percebeu o erro que havia cometido ao entrar na Rússia (sendo que Napoleão havia cometido o mesmo erro antes), percebemos que permanecer no erro é bobagem. É a segunda crise em menos de cem anos. Qualquer forma de governo que seja criada utilizando o trabalho "escravo" como base tende a deteriorar. O benefício que alguns humanos levam estando em posições hierárquicas acima de outros, não é algo normal, não é próprio da natureza humana. A partir do momento que o ser humano toma consciência de si e de seus iguais, ele não participa mais da “lei do mais forte”. O capitalismo atendeu as necessidades, aprimorou o Brasil em conhecimento, mas é uma política ultrapassada.

Poderiam escolher o socialismo? O socialismo se mostrou utópico ao longo dos anos, quando até mesmo o povo que foi autor dessa nova filosofia desistiu do sonho, e voltou às origens capitalistas. Não vale a pena se fechar para o mundo, a união global em função do progresso é essencial à sobrevivência da humanidade.

Sabemos que todos devem participar das decisões, e sabemos também que a igualdade, liberdade e fraternidade são direitos humanos universais. Qual seria o melhor modo de governo, meu caro leitor? Algo como um governo que agrade a todos, em função do benefício global, e não dos homens que usam terno e mala pretos, ou dos bilionários que se utilizam desse dinheiro para comprar influência.

Pense duas vezes, três se possível, a decisão é sua, não através de um voto, mas sim através do seu ideal, pelo que você luta Brasil?

--

Eric Felipe

Croatt

Conceito

Um comentário:

  1. Ciao buon giorno passa nel mio blog ,mi piacerebbe scambiare delle opinioni con te ,un saluto Riz

    ResponderExcluir