Quando Fé e Ignorância se misturam

by segunda-feira, novembro 12, 2012 0 comentário(s)
Existe, em todas as religiões, um grande perigo que qualquer fiel está exposto. Tal perigo pode ser chamado de ignorância. Tomando pelo sentido literal da palavra, ignorância é o ato de ignorar alguma coisa, assunto ou tema. Essa ignorância é extremamente danosa ao pensamento humano e principalmente ao próprio ser que a utiliza para justificar sua "fé".

É notável o progresso humano no milênio. Antes, quando nós ainda caçávamos "bruxas" e "magos" pra aquecer nossas fogueiras a ignorância era literalmente ter fé. Primordialmente isso acontecia porque a própria palavra escrita da bíblia apenas era lida e entendida pelos membros do clero. Porém, nos dias atuais isso ainda acontece de um modo mais frequente do que você, meu caro leitor, imagina.

Nas igrejas atuais pode-se perceber que quando existe algum tipo de necessidade "sacerdotal" como votos, dinheiro ou influência é fácil convencer seus "fiéis" a ajudarem nessa causa "sagrada" - vide A Tênue Linha entre Pastores e Políticos. Além disso, com toda essa mesma influência exercida é muito simples determinar que até certo ponto, o crente deve parar de pensar.

Essa parada no pensamento ocorre no mesmo instante que começa a ignorância. Existem sim, certos pontos indiscutíveis que requerem fé, porém existem pontos que precisam ser discutidos, como as leis e a própria história bíblicas que são totalmente ignoradas. Talvez elas precisem ser discutidas para que não apareça todo dia uma religião nova querendo impostos isentos em função comprar carros SUV para salvar as crianças na África.

Não existe um modo rápido e básico de se fazer isso, pode ser que no início você ache que está pecando, mas é uma tarefa necessária para a evolução humana. Você não se liberta se está preso em si.

0 comentário(s):

Postar um comentário