Voar Além

by terça-feira, julho 30, 2013 0 comentário(s)

Essa viagem me mudou, estou sentindo diferenças até nos meus objetivos. Saberia que ia me mudar, mas não tanto. A destruição foi total esse fim de semana. Não há o que salvar aqui dentro mais. Estou bem perdido. Foi ótimo, feliz, doce e carnal, mas eu a usei, manipulei e não consegui nem mostrar o que realmente sou, nem o que realmente sinto. Ao contrário de você, que talvez leia essas palavras e entenda uma parte do que elas significam, ela não ouve, e pior, finge que ouve, e ela não sente, fingindo que sente. O externo vai me mudar se eu não partir, se eu não conseguir me livrar do exterior.

O exterior é falso, uma mentira sobre mentira. A única verdade é revelada em momentos tão pequenos que nada faz sentido entre esses momentos. Apenas neles, em um carinho, em um apoiar a cabeça no ombro de alguém especial. Eles são a única verdade. A única luz nessa terrível escuridão. E eu estou no escuro completo. Não quero sair daqui e me inclinar para uma luz que vem de um reflexo, não uma estrela, uma fonte de luz. Quero sair daqui pra me libertar, e ser minha perpétua e própria fonte de luz.

Não me procure, estou perdido e nunca mais irei voltar.
Meu último beijo estava em um olhar, que te dei,
Mas você estava de costas, e não sentiu ao se afastar.

Pode acontecer a qualquer momento agora.

Croatt

Conceito

0 comentário(s):

Postar um comentário