Me Lembro Meu Bem

by sábado, setembro 14, 2013 0 comentário(s)

Me lembro bem da sensação. A sensação de estar perdido no supermercado, de esperar que alguém me encontre. Lembro bem da sensação de pisar em águas desconhecidas, pisar e andar entre rochas moldadas pela água, de entrar no mar e não saber onde está o fundo, nadar até a outra borda da praia desesperado, sem ter onde pisar.

Lembro bem da sensação de perder o mundo sob os pés e ter o céu desabando sobre a própria cabeça, lembro muito bem. Estar perdido no supermercado era só o começo. Perdido na vida é mais terrível que isso. Pisar em lugares arredios e pensando em salas profundas de silêncio. Meus olhos continuam abertos, olhando pra luz, ninguém chegará.

Minha busca será entre aquelas prateleiras que ninguém nunca visita, entre aqueles mares revoltos e remotos, cuja profundidade não se pode medir.

Meu caminho será cheio de pedras, submersas ou não, mas espero encontrar ao fim da caverna, uma incrível cachoeira, ao fim do abismo, água doce e cristalina e ao fim do furacão, calmaria, pura e serena, mesmo que não exista caminho para voltar. Mesmo que não exista nada lá, apenas vazio puro.

Croatt

Conceito

0 comentário(s):

Postar um comentário