não é como se fosse importante - 1min de leitura

by segunda-feira, dezembro 12, 2016 0 comentário(s)

Não é como se nós nunca tivéssemos ficado sozinhos antes. Ah, não, nunca foi e nunca é. Eu apenas esperava que quando ficássemos sozinhos novamente, fosse um pouco mais fácil. Afastamos novamente quem amamos. Também não é como se fosse a primeira vez, afinal você sempre foi um grande erro, perdido no tempo e em memórias. Vivendo mil instantes ao mesmo tempo. Cada vez que ele falava a palavra "alma" o peito gritava por uma, o vazio era tão imenso. Cada vez que ele falava "alma" era uma batida no sino que ecoava no peito. Estamos todos perdidos aqui dentro. É como se cada grama de personalidade tivesse se tornado uma tonelada. Essa vida cheio de suspiros falsos nos corredores cinzentos da engenharia. Cresço em meu desapego e sem querer cresço em solidão. Gostaria de conseguir abraçá-la mais uma vez. Apenas mais uma única vez. Algo tão simples e tão distante como se nunca mais pudessem haver redenção. Todos buscamos redenção. Alguns buscam em religião, outros em poesia, arte, sexo, comida, amor, paz. Todos buscam redenção.

0 comentário(s):

Postar um comentário