a fragilidade das relações

by quarta-feira, maio 31, 2017 0 comentário(s)


me pergunto constantemente estes dias como pequenas expressões claramente demonstram tudo que sentimos em relação à alguém
talvez seja uma maneira da minha mente dizer que estou ficando louco, ou dos meus amigos acharem que vejo coisas por demais
porém encontro nestes pequenos instantes a maioria das respostas que procuro

percebo, por exemplo, como meus amigos antes eram tão próximos e unidos, todos viviam uma relação simples de amizade e felicidade
a complexidade hoje permeia todas essas mesmas relações, alguns gostam um do outro, outros iniciam relações amorosas
existem alguns com maior afinidade e outros com menor afinidade por motivos de vida fundamentalmente escondidos no interior de cada um
é quase como se fosse uma dança constante entre os diferentes seres, buscando respostas pra perguntas que ninguém quer fazer

e de qualquer forma, teríamos nós um meio mais simples do que esse de viver?
a maior parte das relações releva uma infinidade de assuntos que romperiam aquele laço em qualquer instante
se esses mesmos laços fossem expostos, palavras seriam trocadas, corações sentiriam emoções fortes
e essas relações se tornariam mais fortes ou se romperiam ali mesmo, caso não fossem firmes

a fragilidade das relações que cito é como o choque entre diversos trejeitos que não foram feitos pra se encaixar
na verdade, os lugares onde elas se encaixam são como tomadas de diferentes formatos e sem adaptadores possíveis

na minha própria família, observo como algumas pessoas atiram outras no abismo na ignorância por uma simples divergência de opiniões

esses dias, estava lendo uma postagem sobre um livro que li há muito tempo atrás
o nome do livro é "Como Fazer Amigos & Influenciar Pessoas" de Dale Carnegie
ele basicamente te ensina como você consegue manter relações frutíferas e justas
e me recordei que ele cita como às vezes ganhar uma discussão significa perder uma relação

mas ao mesmo tempo, pelo outro lado não faz tanto sentido ser outra pessoa que você não é para agradar
afinal, de puxa saco o mundo está cheio, porque ser mais um?

claro que deve existir um equilíbrio...

mas... como tem sido difícil encontrá-lo

Croatt

Conceito

0 comentário(s):

Postar um comentário