um oceano de distância

by quarta-feira, março 28, 2018 0 comentário(s)
 
Quantos mares deveria atravessar pra te abraçar além dos mares que já viajei?
Perdido entre os continentes atravesso friamente os momentos plenos de saudade
Os sorrisos tão altos e lindos, as passagens e as pedras que cruzamos
As montanhas que escalamos e os mergulhos que fizemos um no outro

Seria essa talvez nossa história, amantes dançando pelas eras
Nesse movimento fluido de pura sinceridade

E se eu permitisse durante um instante
Que as palavras que vem à minha mente fluíssem pro papel
Nesse caso pra tela negra com fundo em estrelas
Se eu tirasse as barreiras que me impedem de pensar
Abrisse as portas do meu peito que tornasse a falar

Será que vamos durar amor?
Fico aqui querendo que sim, que eu-e-você continuemos sempre a existir

Fico pensando agora se publico ou se coloco pro futuro
Quando ninguém sabe mais e nada influencia quem somos afinal
Afinal, não existem sonhos sem pesadelos
Nem noites sem dias após

Nesse momento queria muito um abraço
Queria sentir amor, sentir ele queimar no peito
Tenho medo que eu tenha perdido esse sentimento
Tenho medo que mais uma vez, eu me encontre no escuro, onde tudo
Tudo que fazemos
Não tem significado

e as desculpas que damos
apenas nos tornem mais e mais escravos

0 comentário(s):

Postar um comentário