Paris, 4 de março de 2018

by segunda-feira, abril 09, 2018 0 comentário(s)


Sabe quando por um segundo, um pequeno pensamento passa pela sua mente? "Poderia ser eu". Inevitável e tão instantâneo. Quando o mundo grita seu nome no meio da neve. Quando suas mãos estão rachadas pelo frio e um arrepio percorre seu corpo.

Acho que o que mais me incomoda em toda essa história é a falta de razão de existir nas pessoas. Tantas pessoas, nossa... tantas. Sentadas em suas cadeiras, lendo os livros que contém instruções de como elas podem ganhar dinheiro para outras pessoas mais ricas. É como se todos realmente estivessem loucos. 

O que mais me fascina na humanidade é o motivo que a leva acordar de manhã, tomar um banho e continuar a viver. Porque as pessoas fazem o que fazem? Porque continuamos a viver dessa forma, se aparentemente ninguém está totalmente confortável, ninguém pode nunca ficar satisfeito e a maioria das pessoas fazem as profissões de suas vidas inteiras porque vão ter mais dinheiro pra sobreviver e não por serem apaixonadas pelo que fazem.

Quais foram os paradigmas que mudaram pra sempre a humanidade? Aqueles que ela valoriza tanto que foram editados sem que ela notasse?

0 comentário(s):

Postar um comentário